Por que você precisa incluir o IGTV na sua estratégia

Você já ouviu falar sobre o IGTV mas não sabe bem do que se trata? A plataforma de vídeos do instagram é a novidade da vez e muita gente ainda não sabe se vale a pena aderir.

Na Like Marketing, fizemos o teste. Utilizamos os vídeos já postados no YouTube de alguns clientes para ver o que acontecia. Já vamos falar sobre as diferenças entre as plataformas e os resultados que percebemos ao apostar nessa novidade.

Mas, antes disso, vou explicar o que é o IGTV e quais as suas principais características.

Leia também: Aprenda a fazer um calendário de publicações

O que é IGTV?

O IGTV é um aplicativo gratuito que permite o compartilhamento de vídeos com até 1 hora de duração. O fator tempo é o principal diferencial em relação ao Instagram, já que este aceita apenas vídeos com até 60 segundos.

A rede social em questão chegou para competir com o YouTube, que é a principal plataforma de vídeos mundiais. Como o IGTV é nativo do mobile – dispositivos móveis concentram a maior parte do tráfego na internet – os vídeos devem ser originalmente produzidos e postados em formato vertical.

E porque é importante o vídeo na vertical? Bem, conforme o relatório de visão geral do MOVR Mobile, o público em geral usa dessa maneira o smartphone em 94% do tempo. Tanto que foi assim que a funcionalidade dos stories foi consolidada.

Apesar do IGTV ser uma rede social independente do Instagram, ambas as plataformas estão completamente integradas. Não é necessário baixar o IGTV no celular para assistir aos vídeos. Todos ficam disponíveis por um ícone do Instagram e, recentemente, passou a entrar também na linha do tempo. Não custa lembrar que o Instagram alcançou a marca de 1 bilhão de usuários pelo mundo em junho de 2018.

O que você ganha ao alimentar o IGTV

Vamos voltar à conversa do início. Você sabe da importância de manter o Instagram atualizado e em alta. É por essa razão que não ignoramos o IGTV aqui na Like Marketing. Bastou uma edição simples para deixar os vídeos do YouTube dos nossos clientes na vertical.

Não foi necessário gravar novos vídeos, apenas fazer essa alteração. Pudemos comparar com os clientes que não fazem vídeos e, portanto, não tinha nenhum material para subir na plataforma.

O que notamos? Foi notável o aumento das interações nas publicações e também do engajamento das publicações e dos stories dos clientes que tiveram vídeos postados no IGTV.

Portanto, mesmo que as pessoas ainda não utilizem tão massivamente o IGTV como usam o YouTube, é altamente recomendável alimentar este canal que é tão novo e provavelmente vai crescer ainda mais.

Se você já tem vídeos no YouTube, ou mesmo fez alguma transmissão ao vivo por meio do Facebook ou do Instagram, não há razão para deixar de aproveitar essa oportunidade de turbinar o perfil do Instagram.

Quer saber mais sobre o IGTV? Acesse o vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.


Treinamento on-line para aprender a criar conteúdo e

crescer nas redes sociais

rejane-toig

Rejane Toigo

DIGITAL STRATEGIST & NEUROMARKETING CEO. Distribuição on-line de conteúdo científico.
Fechar Menu