O principal erro que os profissionais da saúde cometem nas redes sociais (e como fugir dele)

Você é um profissional da área da saúde e quer aprender a fazer bom uso das suas redes sociais? Ou então, é um profissional das redes sociais e quer melhorar o trabalho para seus clientes da área da saúde? Os dois casos são diferentes, mas prometo ajudar ambos se também prometerem ler este artigo até o final.

Hoje, entrar nas redes sociais é bem parecido com entrar em um espaço onde todos falam ao mesmo tempo e desejam chamar a atenção. Em meio a esse burburinho, encontramos diferentes abordagens para iniciar uma conversa com o público.

Antes de falar sobre o principal erro que os profissionais da saúde cometem nas redes sociais, mostro a você que é possível ser ouvido e se destacar nesse meio.

Como iniciar uma conversa enquanto tanta gente fala?

Assim como em uma mesa de bar, um jantar ou qualquer outra situação social presencial, ganha relevância no mundo virtual quem é mais interessante. Sabe aquela pessoa que todos param o que fazem para ouvir? Este é o que chamamos de influenciador no meio digital.

Para ser ouvido, você precisa ser autoridade em um assunto. Então, ninguém melhor do que você que é médico, dentista, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta, ou qualquer outro especialista, para falar sobre o que você sabe.

Compartilhar conhecimento é o que faz cada usuário relevante. Se você não sabe por onde começar, faça uma lista das principais dúvidas e queixas que os seus pacientes trazem ao seu consultório. Estas também serão as dúvidas dos seus seguidores, pode apostar.

Imagine um profissional ginecologista que costuma receber perguntas sobre métodos anticoncepcionais e alterações hormonais. Essas são dúvidas bastante comuns, assim, é possível especificar cada uma delas e responder por meio de posts e vídeos os assuntos.

Leia também: Como baixar vídeos do Instagram para o seu celular?

Mas, qual o principal erro dos profissionais da saúde nas redes sociais?

Se você é profissional da saúde, existe público para você. Em especial numa era onde as pessoas cuidam pouco da saúde, estão conscientes disso e desejam reverter esse quadro.

Sim, é este o cenário que te aguarda independente da sua área de atuação. Um público ávido por informação útil a fim de melhorar a sua qualidade de vida.

Assim, dá para suspeitar qual o principal erro desses profissionais nas redes sociais, não é mesmo? O principal erro dos profissionais da saúde nas redes sociais é não usar as redes sociais para mostrar o conhecimento de alto valor que eles têm.

Sei que uma rotina em meio a um consultório é bastante apressada. Eu mesma, como dentista especializada em endodontia, passei pela situação de me ver sem tempo de fazer o marketing do meu consultório.

Minha recomendação é que use as redes sociais para falar sobre a sua especialidade, os procedimentos realizados em sua clínica, tirando dúvidas… Conteúdo que ajude a saúde das pessoas.

Existem muitas formas de encaixar um tempinho na rotina para a produção de conteúdos da área médica. Se você decidir pela contratação de um profissional ou uma equipe, da mesma forma, terá que se dedicar a orientar com as suas referências e aprovar os conteúdos produzidos.

Por isso, convido você a assistir ao vídeo abaixo e aproveitar para deixar sua inscrição no meu canal do YouTube onde falo sobre marketing, conteúdo e redes sociais.

Se você não sabe por onde começar a produzir conteúdo e sabe que esse é um assunto sério, vai gostar de saber que ofereço um curso para quem deseja se destacar na comunicação online.

O curso Criadores de Conteúdo tem o objetivo de capacitar profissionais de qualquer área a produzir conteúdos de valor de maneira que você transforma seguidores em verdadeiros fãs. Para ser avisado sobre a próxima turma, clique aqui.

Até a próxima!

Rejane Toigo

DIGITAL STRATEGIST & NEUROMARKETING CEO. Distribuição on-line de conteúdo científico.
Fechar Menu