You are currently viewing Social Media pode atuar como MEI?

Será que Social Media pode atuar como MEI? É claro que pode! Essa é a melhor forma dele se formalizar no Brasil e fechar contratos como pessoa jurídica.

A formalização, aliás, é um excelente caminho para todo Social Media que deseja se destacar e ser um profissional de referência no mercado. Afinal, como MEI ele poderá emitir notas e terá também alguns benefícios do INSS.

Para explicar de forma detalhada como o Social Media pode atuar como MEI, confira o artigo que preparamos abaixo!

O que é MEI?

MEI é a sigla para Microeemprendedor Individual, ou seja, um profissional autônomo, mas que passa a atuar de forma legalizada. 

Diversos profissionais podem atuar como MEI, e inclusive há uma lista fornecida pelo Governo Federal que informa quais podem se enquadrar dentro deste regime jurídico.

Quando você se cadastra como um, você passa a ter CNPJ, ou seja, tem facilidades com a abertura de conta bancária, no pedido de empréstimos e na emissão de notas fiscais.

Mas também passa a ter obrigações e direitos de uma pessoa jurídica. Ou seja, precisa pagar impostos, fazer sua declaração de imposto de renda, entre outros.

Leia também::: É Social Media iniciante? Siga estes conselhos!

Social Media pode atuar como MEI?

Pode sim, mas é preciso deixar claro que dentro das ocupações listadas pelo Governo Federal, não tem exatamente uma categoria chamada de Social Media.

Até porque as atividades listadas não tratam necessariamente de profissões, mas sim de serviços desempenhados. 

Inclusive, quando da abertura do MEI, você pode colocar várias atividades que deseja desempenhar, não precisando ficar limitado a apenas uma.

De modo geral, podemos dizer que o Social Media pode atuar como MEI se cadastrando nas seguintes ocupações:

  • – Digitador 8219-9/99
  • – Editor de revista (5813-1/00)
  • – Editor de vídeos (5912-0/99)
  • – Instrutor de cursos independente (8599-6/05)
  • – Promotor de vendas independente/Promoção de vendas (7319-0/02)

Importância da formalização

Importante saber que é fundamental que o Social Media possa atuar como MEI, para que feche contratos, emita notas fiscais e atue de forma legalizada no Brasil.

Além disso, ele pagará uma taxa mensal, que lhe garante alguns benefícios do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), como licença-maternidade, aposentadoria, remuneração em caso de afastamento médico, entre outras.

Como abrir um MEI

Abrir um MEI é bastante simples e pode fazer todo o processo praticamente online, com algumas exceções de algumas cidades. Para isso, siga os seguintes passos:

  • 1. Acesse o Portal de Serviços do Governo Federal e crie uma conta. Se já tiver cadastro, basta clicar em “Entrar” no canto superior direito, e digitar o login e senha.
  • 2. Após realizar o login, acesse o Portal do Empreendedor e clique em “Quero ser MEI”;
  • 3. Se ainda tiver dúvidas se a atividade que você exerce é permitida no cadastro do MEI, clique em “Quem pode ser MEI”;
  • 4. Caso sua ocupação se enquadre, clique em “Formalize-se”;
  • 5. Preencha todo o questionário

Pronto e gratuito! Você já terá seu CNPJ e estará formalizado como MEI. Para emissão da nota fiscal, será necessário entrar em contato com a Prefeitura do seu município para saber qual é o processo, que varia de cidade para cidade.

Leia também::: Como o Social Media deve negociar com o cliente?

Seja um Social Media de sucesso

Como vimos, o Social Media pode atuar como MEI, se legalizando, e podendo fechar contratos e emitir notas para seus clientes.

Se deseja ser um Social Media de destaque, se inscreva no nosso curso “Formação em Social Media” clicando no botão abaixo. 

Por fim, para tirar outras dúvidas sobre como Social Media pode atuar como MEI, confira o vídeo que gravei com meu irmão e contador Fabiano Toigo que está abaixo!

Rejane Toigo

DIGITAL STRATEGIST & NEUROMARKETING CEO. Distribuição on-line de conteúdo científico.