Produzir conteúdo de auto-ajuda vale a pena?

E aí criador de conteúdo, será que vale a pena produzir posts de auto-ajuda? Definitivamente não! Mas o conteúdo motivacional pode ter espaço sim na sua timeline.

Mas é preciso sempre saber dosar. Por exemplo, qual o seu público? Ele quer saber mais sobre marketing digital, finanças, economia, ou quer frases motivacionais?

Esse é um aspecto que precisa ser considerado quando se pensa em produzir esse tipo de conteúdo: será que ele terá espaço junto à minha audiência?

Para aprofundar esse tema, e saber se vale a pena ou não publicar conteúdo motivacional nas suas redes sociais, preparamos o artigo abaixo com algumas dicas ótimas para você! Bora conferir?

O que é conteúdo motivacional?

O conteúdo motivacional é vasto e variado. Antigamente, era comum se chamar isso de auto-ajuda, mas o termo acabou tão batido e que não representa o que realmente é.

Em síntese, o conteúdo de auto-ajuda teria essa função de fazer as pessoas se redescobrirem, conhecerem seu potencial e tirar toda a energia interna delas para atingir seus objetivos.


E o conteúdo de auto-ajuda as guiaria nesse processo, contribuindo para que ela se tornasse uma pessoa cada vez melhor.

Em contrapartida, o conteúdo motivacional tem um efeito bastante parecido, mas ao invés de servir como um guia, ele visa motivar as pessoas.

E nesse aspecto, vemos diversos perfis explorando muito o conteúdo motivacional junto ao seu conteúdo tradicional.

Temos como exemplo a Forbes (@forbes) e seu perfil também brasileiro (@forbesbr). Diariamente eles postam informações sobre mercado financeiro, personalidades, entre outros temas.

Mas também compartilham sempre alguma frase de alguma personalidade, um insight com algum pensamento e que vemos sendo muito compartilhado.

Ou seja, conseguem dosar o conteúdo que seu público-alvo espera, aliado a conteúdo motivacional para atrair novas pessoas. 

Afinal de contas, quem nunca viu um criativo da Forbes compartilhado no stories de alguém, não é mesmo?

Leia também::: Manter a produtividade em home-office é um desafio pra você?

A importância da motivação

Por que é importante entender a motivação? Por que nos importamos com o que as pessoas querem e por que querem? Que tal porque pode melhorar nossas vidas.

Compreender a motivação nos dá muitos insights valiosos sobre a natureza humana. 

Isso explica por que estabelecemos metas, lutamos por realizações e poder. Por que desejamos intimidade psicológica e sexo biológico, por que experimentamos emoções como medo, raiva e compaixão.

Aprender sobre motivação é valioso porque nos ajuda a entender de onde vem a motivação. E por que muda, o que a aumenta e diminui, quais aspectos dela podem e não podem ser mudados.

E ainda nos ajuda a responder a pergunta de por que alguns tipos de motivação são mais benéficos do que outros.

A motivação reflete algo único sobre cada um de nós. Também nos permite obter resultados valiosos, como melhor desempenho, maior bem-estar, crescimento pessoal ou um senso de propósito. 

A motivação é um caminho para mudar nossa maneira de pensar, sentir e se comportar.

Encontrar maneiras de aumentar a motivação é crucial porque nos permite mudar comportamentos, desenvolver competências, ser criativos, definir metas, desenvolver interesses, fazer planos, desenvolver talentos e aumentar o engajamento. 

Aplicar a ciência motivacional à vida cotidiana nos ajuda a motivar funcionários, treinar atletas, criar filhos, aconselhar clientes e envolver os alunos e, também, cativar a audiência.

Invista também em conteúdo motivacional

Então criador de conteúdo, invista em conteúdo motivacional. Mas antes de sair por aí criando cards com frases de personalidades, faça um amplo trabalho de pesquisa.

Veja se aquela frase já não é batida, se ela realmente é do autor a que se refere. E se realmente é motivacional e acrescentará algo na vida das pessoas.

Sair apenas criando conteúdo motivacional, sem critério e pesquisa pode fazer seu perfil cair em descrédito. 

Para evitar isso, busque algo novo, novas frases, trechos de livro, trechos de música. Mas sempre conferindo que o tema já não foi trabalho à exaustão.

Leia também::: O segredo é criar conteúdo compartilhável

Agora é com você!

Como você viu, o conteúdo motivacional — e não o de auto-ajuda — pode acrescentar algo ao seu perfil ou o que você faz a gestão enquanto criador de conteúdo.

Mas é preciso sempre saber dosar, ser original e garantir que o material vai contribuir para melhorar a vida de alguém.

Esperamos que tenha gostado do artigo sobre o conteúdo motivacional e, se quer se tornar um criador de conteúdo, confira o curso que temos sobre o tema. 

Para saber mais, clica no botão abaixo e se inscreva agora mesmo. Temos certeza que sua carreira como criador de conteúdo vai ir lá nas alturas!

Treinamento on-line para aprender a criar conteúdo e

crescer nas redes sociais

rejane-toig

Rejane Toigo

DIGITAL STRATEGIST & NEUROMARKETING CEO. Distribuição on-line de conteúdo científico.